Se a sua vida parece se arrastar lentamente e você tem certeza absoluta de que o seu dia tem umas 30 horas de duração, ao invés das 24 horas padrão de todo ser humano na Terra, você está sofrendo de um caso agudo de falta de motivação.

Não se sinta só. Todo mundo passa por períodos onde nada parece andar pra frente, ou pior, onde você tem certeza absoluta que seus pés estão acorrentados ao solo por alguma força maligna disfarçada de gravidade.

O lado ruim disso é que se você está esperando alguém ou alguma coisa acontecer para te livrar dessa corrente, pode ir tratando já de criar raizes para garantir sua sobrevivência pois ninguém, nem nada, tem esse poder. Sua liberdade só depende de você.

O lado bom é que a solução pode ser muito mais simples do que você pensa. Quer ver só?

Como dar um gás na sua motivação!

motivacao

Sim, conte-me mais sobre isso!

1. DURMA BEM!

O esgotamento do ego é um conceito da psicologia que refere-se à ideia de que o autocontrole ou a força de vontade estão relacionados diretamente a um conjunto limitado de recursos mentais. Imagina que você se sente muito cansada para realizar uma determinada tarefa e resolve deixar para depois ou dizer não. Quando outra tarefa aparecer (mesmo que ela não tenha relação com a primeira) vai ser muito mais difícil se manter no caminho planejado, ou seja, a tendência a repetir o ‘não’ ou procrastinar ainda mais dessa segunda vez, aumentará MUITO. Quando a sua energia para realizar uma atividade mental está baixa, o autocontrole escorre pelo ralo…

Adivinha só o que relaxa e descansa o seu cérebro? Uma boa noite de sono! Ou seja, dormir pode fazer milagres pela sua força de vontade e motivação na hora de se manter atento às suas tarefas e objetivos.

BAIXE GRÁTIS o Ebook O Be a Bá da Criatividade

Desenvolva uma rotina mais criativa! Neste ebook GRATUITO eu compartilho com você 23 ações para lascar fogo no seu gênio criativo. Fáceis de implementar, pra começar HOJE!

2. COMECE AGORA

Pegue uma meta e simplesmente comece! Na psicologia, o efeito Zeigarnik afirma que as pessoas se lembram das tarefas incompletas ou interrompidas melhor do que se lembram das tarefas concluídas. Ou seja, começar uma tarefa significa que você tem maiores chances de terminá-la!

Pense no que pode ser feito agora e faça acontecer, por menor ou mais simples que seja a tarefa. As chances de você sentir-se muito mais motivada na hora que um novo desafio der as caras é infinitamente maior.

3. CERQUE-SE DE PESSOAS QUE TE MOTIVEM

As pessoas ao seu redor podem te ajudar muito na hora você de criar e manter novos hábitos. Se você conta que está num processo de reeducação alimentar e seu colega te oferece um chocolate ao leite de sobremesa você está andando com as pessoas erradas… Isso vale para outros objetivos também. Se você já falou pra galera que precisa guardar uma grana e seus amigos só te chamam pra sair em lugares caríssimos, há algo de podre no reino da Dinamarca.

Muitas vezes você está andando com ‘más companhias’ sem perceber e é isso que anda drenando sua motivação.

4. FAÇA PAUSAS

Ao invés de sentar e trabalhar horas sem intervalo algum, tente quebrar esse tempo em turnos menores e agendar pausas para caminhar, bater um papo e relaxar um pouco, podem te ajudar muito na hora de fazer o que tem que ser feito!

Esse truque é conhecido como técnica Pomodoro é um método de gerenciamento de tempo desenvolvido por Francesco Cirillo no final de 1980. A técnica utiliza um temporizador/timer para quebrar o trabalho em intervalos de, tradicionalmente, 25 minutos de duração, separados por intervalos curtos . Estes intervalos são nomeados de pomorodo, que significa tomate em italiano, por causa do timer de cozinha em forma de tomate que Cirillo usou como um estudante universitário. O método é baseado na ideia de que pausas frequentes pode melhorar a sua agilidade mental.

Esses são os 6 estágios da técnica pra você tentar aí:

  1. Decidir qual tarefa deseja realizar;
  2. Colocar o timer para 25 minutos;
  3. Trabalhe na tarefa até o timer tocar. Se uma distração aparecer na sua cabeça enquanto você trabalha, escreva-a, mas volte imediatamente a tarefa;
  4. Depois que o timer tocar, faça uma anotação do que foi feito nesses 25 minutos em um papel;
  5. Se voce tiver menos do que 4 itens, tire um break pequeno (coisa de 5 minutos) e volte ao primeiro passo;
  6. Depois de realizar 4 voltas de 25 minutos faça um intervalo maior de 15 a 30 minutos, volte a estaca zero e comece tudo de novo.

5. ALIMENTE-SE BEM

Confessa, vai… Você não tem a menor ideia de como o seu cérebro usa o alimento que você coloca pra dentro. E tem menos ideia ainda de como essa comida pode influenciar diretamente no quão motivada você se sente para se manter no rumo e realizar suas metas e tarefas do dia. Esse é um dos itens mais importantes dessa lista, então preste atenção 😉

Nosso corpo converte comida em glicose, o que dá energia para nosso cérebro ficar atento. Infelizmente, nem toda comida é metabolizada igualmente. Comidas ricas em açúcar soltam glicose muito rápido no nosso corpo, dando um boost de energia momentânea, mas que também decai com a mesma rapidez. Já comidas ricas em gordura dão uma energia que é liberada de maneira mais duradoura, porém dão muito mais trabalho na hora da digestão, o que faz com que o nível de oxigênio no nosso cérebro caia nos deixando cansados.

Uma dica pra tomar decisões alimentares melhores na hora do lanchando da tarde é pensar no que você vai comer ANTES de ficar com fome, assim você pode escolher o que vai comer ao invés de avançar numa caixa de Bis.

6. TRANSFORME UM OBJETIVO EM UM NOVO HÁBITO

Muitas vezes nossos objetivos acabam não dando em nada porque eles não são específicos o suficiente. Alô, alunos do Rock your life, vocês já sabem disso 😉

Ao invés de tentar atingir esse objetivo genérico, quebre-o em pequenos hábitos. Se o seu objetivo é guardar dinheiro, talvez você possa começar a fazer o seu próprio café ao invés de comprá-lo todos os dias. Se o seu objetivo é perder X quilos, você deve fazer escolhas mais saudáveis na hora do almoço e da janta. Se o seu objetivo é reduzir o stress, talvez você possa começar meditando 5 minutos por dia antes de se levantar…e assim por diante 😉

7. QUEBRE SEUS AFAZERES DIÁRIOS EM TAREFAS ESPECÍFICAS

Por exemplo, ao invés de tentar fazer tudo-ao-mesmo-tempo-agora, você pode separar suas tarefas da seguinte maneira: 1h30 para tarefas criativas, 1h30 para tarefas de comunicação como enviar e responder emails, 1h30 de pesquisa para um novo projeto, 1h30 de exercícios.

Assim seu cérebro vai conseguir se focar em várias atividades diferentes ai longo do dia mas sem tentar fazê-las todas simultaneamente. Ser multipotencial é uma coisa, ser multifocal é outra completamente diferente…

8. COMECE ÀS SEGUNDAS-FEIRAS

Pesquisas mostram que a probabilidade de seguirmos com nossas metas aumenta se começarmos numa segunda-feira. Marcas temporais podem te ajudar a deixar seus fracassos passados para trás, sabia? É o mantra: uma nova semana, uma vida nova.

Que tal pensar agora no que você vai começar a fazer nessa segunda-feira, hein?

Se você está precisando de um empurrãozinho para mudar as coisas de lugar aí na sua vida, que tal dar uma olhada no meu livro Criatividade Empática Ele pode te ajudar a transformar a sua maneira de encarar a criatividade e a busca pelo seu propósito de vida, sabia?

 

Deixe uma resposta