A cada ano que passa eu tenho certeza de uma coisa: não é O QUÊ você faz e sim o PORQUÊ do você fazer o que você faz. Ficou confuso? Deixa eu explicar melhor. Na maioria das vezes, quando o tédio, a falta de motivação e a falta de criatividade dão as caras na sua vida ou no seu trabalho, não é necessariamente o que você está fazendo que está “errado”, mas sim o PORQUÊ, a forma como você decidiu se comportar.

Muita gente segue trocando de projeto, de trabalho, de amigos e até de relacionamentos como se o problema estivesse sempre no outro ou em outro lugar, sem perceber que é a falta do propósito quem acaba te perseguindo onde quer que você vá.

Eu acredito que existe redenção, que existe arte e paixão, em qualquer tipo de profissão ou trabalho, só que para encontrá-la você precisa entender o seu PORQUÊ neste mundo. Porque você quer ser professor, mãe, contador, arquiteta, médico, advogada, escritor, artista plástica, chef, engenheira ou cientista. E o mais engraçado é que o seu PORQUÊ, por incrível que pareça, vai ter mais relação com a realização e o benefício que você causa em outras pessoas do que em você mesmo.

Dia desses estava lendo um livro maravilhoso do autor americano e guru de negócios, o Seth Godin. Em seu livro Linchpin (numa tradução livre para o português, algo como Conector) ele discorre BASTANTE sobre a insatisfação das pessoas no trabalho e a falta de pessoas dispostas a não encontrar apenas um emprego, mas sim uma maneira de fazer arte! Dá uma lida nesse trecho que eu separei pra você:

“O emprego é o que você faz quando te dizem o que fazer.  Ter um emprego é aparecer no escritório (na fábrica, na loja, etc), seguir instruções, seguir as especificações e ser administrado.

Alguém sempre poderá fazer o seu trabalho um pouco melhor or mais barato que você.

O trabalho pode ser difícil, pode exigir habilidade, mas é um trabalho.

BAIXE GRÁTIS o Ebook O Be a Bá da Criatividade

Desenvolva uma rotina mais criativa! Neste ebook GRATUITO eu compartilho com você 23 ações para lascar fogo no seu gênio criativo. Fáceis de implementar, pra começar HOJE!

Sua arte é o que você faz quando ninguém te exatamente como fazer. Sua arte é assumir responsabilidade, desafiar o status quo e mudar as pessoas.

O emprego não é o seu trabalho. O que você faz com o seu coração e alma é que é o trabalho.

O motivo é simples: artistas têm a chance de tornar as coisas melhores. As outras pessoas normalmente fazem a escolha de serem vítimas.

Artistas entendem que eles têm o poder, através de seus dons, inovação e amor, para criar uma nova história, uma história que seja melhor do que a anterior.

Otimismo é a característica humana mais importante, porque permite que a gente desenvolva nossas ideias, melhore nossa situação e tenha esperança para um amanhã melhor. E todos os artistas têm esse otimismo, porque artistas podem honestamente dizer que eles estão trabalhando para tornar as coisas melhores.

Ter paixão é se importar com a sua arte, tanto que você fará praticamente tudo para doá-la, presenteá-la e mudar as pessoas.

Parte da paixão é ter a persistência e residência de transformar tanto a sua arte como a maneira como você a entrega. Ter paixão pela sua arte significa ter paixão por espalhar a sua arte! Isso significa estar disposto a comprometer alguns elementos que você ama para conseguir que outros elementos cresçam e se espalhem. E, ao mesmo tempo, paixão significa ter uma conexão tão forte com a sua arte que você sabe quais partes não pode sacrificar.

Todo mundo já foi um gênio em algum momento. Todo mundo já chacoalhou, criou e inventou alguma coisa, pelo menos uma vez. Se você fez uma vez, pode fazer de novo.

Arte, como eu a vejo, é o ato intencional de usar a sua humanidade para criar mudança em outra pessoa. Como e onde você vai fazer essa arte é uma escolha cultural do momento. Ninguém escrevia romances há mil anos atrás. Ninguém fazia vídeos 30 anos atrás. Ninguém tweetava poesia há 3 anos atrás.

Eu não estou interessado em forçar você a se tornar um cineasta brilhante. Eu tenho paixão por explorar os motivos pelos quais você tem tanto medo de criar arte. Arte que está ao seu alcance!

Eu acredito que seja por medo e eu acho que você tem medo até de falar sobre esse medo. Medo da arte. De que as pessoas riam de você. De se mostrar e defender alguma coisa.

Agora é a economia quem nos força a confrontar esse medo. A economia está punindo cruelmente os medrosos e aumentando os benefícios para os poucos que têm coragem de criar arte e que são generosos o suficiente para doá-las ao mundo e as pessoas!”

Quando falo na importância de dar voz ao seu gênio criativo para encontrar o seu propósito na vida, o que quero dizer é que é a sua criatividade dormente quem esconde o PORQUÊ de você levantar da cama todos os dias e decidir ser um conector e não apenas uma peça na engrenagem. Amém, Seth!

Aproveitando esse texto, deixa eu te contar uma novidade boa! Preparei uma AULA AO VIVO SUPER ESPECIAL onde vou te mostrar as minhas 10 dicas PRECIOSAS pra acabar de uma vez por todas com a procrastinação e incendiar a sua criatividade! Chega de ter o seu gênio criativo sequestrado pela dúvida, pelo medo e até pela falta de motivação na hora de dar vida aos seus projetos! Eu tenho a solução pra essa pendenga 🙂

🔥 SAIBA COMO ASSISTIR GRATUITAMENTE: http://tinyurl.com/1ODICASPRACRIARMAIS

Deixe uma resposta